Surpreendentes quedas de aviões

Assista agora algumas das mais surpreendentes quedas de aviões que aconteceram em diversas parte do mundo.

Quedas de aviões pequenos bem como de aviões de grande porte.

História

Um acidente aéreo, sempre com sérias consequências, é um risco real presente na utilização de aeronaves como veículos, pois toda essa engenharia para que uma quantidade significativa de massa seja deslocada seja possível, requer muito trabalho.

Quando há uma falha, por qualquer que seja o motivo, as ações corretivas são limitadas devido à natureza dos instrumentos, momento e lugar.

Mesmo que os aviões sejam desenvolvidos para minimizar as chances de falhas, e mesmo que os pilotos sejam treinados para os momentos críticos de segurança, os acidentes continuam a ocorrer, consequentemente apavorando as pessoas.

Estatística

Mesmo que ocorram acidentes aéreos, voar continua sendo estatisticamente o meio de transporte mais seguro do mundo.

Na história do homem, muitas tentativas de voo terminaram em falhas graves de projeto que causaram acidentes, quedas e perdas, então alguns dos pioneiros da aviação perderam suas vidas testando suas invenções sem nunca terem conseguido voar tal como voamos hoje

Mas vale lembrar que, mesmo sem êxito não perderam sua importância.

Pilotos que morreram

Otto Lilienthal morreu quando um de seus planadores falhou, e como se não bastasse em seu voo número 2500 (9 de agosto de 1896) ele estolou ao encontrar uma rajada de ventos, fazendo-o cair de uma altura de 17 metros.

Ele apenas fraturou sua coluna vertebral.

Ele faleceu no dia seguinte, e suas últimas palavras foram Opfer müssen gebracht werden! (sacrifícios precisam ser feitos!).

Surpreendentes quedas de aviões

Percy Pilcher foi outro aviador pioneiro e promissor, que morreu testando The Hawk (20 de setembro de 1899) exatamente como ocorreu com Lilienthal

Desde então as ideias e planos de motorizar os aeroplanos foram abandonados após sua morte.

Após isso ainda viriam muitas histórias.

Wright Flyer (avião dos irmãos Wright) acidentou-se no dia de seu voo histórico, durante a decolagem,pois não não tinha todas as condições para ter êxito.

Três dias antes, após tentativa de voo, Wilbur Wright errou no controle do equipamento e este caiu durante a decolagem.

Ele sofreu pequenos danos, porém não deixou de ser registrado como o primeiro caso da história de erro de um piloto.

tenente do exército americano Thomas Etholen Selfridge tornou-se a primeira vítima de um avião motorizado de asas fixas, em 17 de setembro de 1908, após seu avião, pilotado por Orville Wright, caiu depois da perda da hélice do motor durante testes militares em Fort Myer, Virgínia.

Consequência disso Selfridge sofreu traumatismos múltiplos nas pernasbacia e costelas, e a causa da morte foi traumatismo craniano.

Após a década de 20

Acidentes com aviões em grandes números de ocorrências começaram juntamente com os voos de passageiros na década de 1920, após isso o número de mortes anuais em acidentes aéreos superou 100 pela primeira vez em 1928, e 1.000 em 1943.

Desde 1945 o número de mortes foi menor que 1.000 somente em três ocasiões: 20042007 e 2008.

Quer mais sobre cotidiano? Clique aqui

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here